A melatonina é um hormônio produzido naturalmente pela glândula pineal, localizada no nosso cérebro. Sua função mais conhecida é a de regular o relógio biológico, resultando em uma boa noite de sono e mais disposição ao acordar pela manhã.

Ela é produzida quando há ausência de luz. Sendo assim, uma pessoa com os horários biológicos normais (dorme pela noite e acorda ao amanhecer), produz melatonina entre 2 e 3 horas da manhã.

A falta de melatonina no organismo pode desencadear uma série de problemas na saúde. De acordo com estudos, dormir menos que seis horas por dia aumenta o risco de um acidente vascular cerebral (AVC), eleva o risco de mulheres na pós-menopausa terem um tipo agressivo de câncer de mama, pode levar à obesidade (por causa dos hormônios grelina e leptina, produzidos durante o sono e que regulam as sensações de fome e saciedade), entre outros.

Causas da redução dos níveis de melatonina


Quando deixamos para dormir durante o dia, a claridade atrapalha a produção da melatonina, resultando na redução dos níveis. O envelhecimento é um outro fator que também pode causar essa redução.

Melatonina manipulada realmente funciona?


A melatonina, como suplemento, age nas funções de regulação do relógio biológico, influenciando o sono para que seja reparador e profundo. A eficácia do produto é cientificamente comprovada no combate à insônia e, consequentemente, beneficia a saúde em outros aspectos.

Consulte seu médico! Antes de adquirir e usar o produto, é muito importante levar em consideração as orientações de um profissional.
COMPARTILHE: